Triunfo

Aeroportos
Portos
Rodovias
Energia

Aeroportos Brasil Viracopos

Aeroportos Brasil Viracopos

A+ A- Voltar Voltar Imprimir Imprimir E-mail E-mail PDFPDF Compartilhar Compartilhar
Selecione o ano:

Viracopos conclui 1º ciclo de obras que transformarão o aeroporto no maior da América Latina

Com investimento de R$ 9,5 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão, o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, São Paulo, se prepara para se transformar no maior e mais moderno aeroporto da América Latina. Esse é o compromisso da Aeroportos Brasil Viracopos, concessionária que ganhou o leilão de Viracopos realizado no dia 6 de fevereiro de 2012 e iniciou, no fim de agosto do mesmo ano, as obras do primeiro ciclo de investimentos do complexo aeroportuário.

O primeiro marco importante deste novo ciclo ocorreu no dia 23 de abril de 2016, com a transferência de todos os voos para o Novo Terminal de Passageiros de Viracopos (T1). Com a nova área liberada, o Novo Viracopos passa a ter capacidade para atender 25 milhões de passageiros por ano, em um terminal moderno, que oferece ainda mais conforto e segurança a seus usuários. 

Outras áreas do novo terminal serão liberadas gradativamente, de acordo com o aumento da demanda de passageiros. A transferência operacional dos voos nacionais foi planejada e realizada em conjunto com as companhias aéreas. O objetivo é que as mudanças das operações sejam realizadas da maneira mais segura e cômoda para os passageiros, sem prejudicar os fluxos do aeroporto. 

O Novo Aeroporto de Viracopos foi concebido a partir do conceito de “aeroporto cidade” e sua expansão prevê ainda hotéis, shopping center e centro de convenções, num projeto desenvolvido em parceria com a projetista holandesa NACO, consultoria especializada na engenharia de aeroportos responsável pelo aeroporto de Schipol, em Amsterdã, um dos mais modernos do planeta.

A entrega do Novo Aeroporto de Viracopos começou no mês de junho de 2014, com a utilização do Píer A (internacional) por sete delegações estrangeiras que disputaram a Copa do Mundo. A primeira seleção a desembarcar no Novo Aeroporto de Viracopos foi a da Costa do Marfim, no dia 6 de junho. Também foram entregues os novos três pátios de aeronaves (com uma área total de 400 mil m²) e parte do novo edifício-garagem (com capacidade total para 4.000 veículos). 

O novo terminal começou a operar voos comerciais regulares internacionais no dia 29 de novembro de 2014. O aeroporto encerrou o ano de 2016 com 9,3 milhões de passageiros. 
Com as operações de voos internacionais no Novo Terminal, Viracopos apresentou um grande crescimento de passageiros que passaram a utilizar o aeroporto para voar para o exterior. Atualmente Viracopos conta com quatro destinos internacionais: Lisboa (Portugal), Fort Lauderdale (Estados Unidos), Orlando (Estados Unidos) e Punta del Este (Uruguai). 
 

Investimentos

O plano de Viracopos prevê cinco ciclos de investimentos ao longo dos 30 anos de concessão. Neste primeiro ciclo, a Aeroportos Brasil Viracopos investiu aproximadamente R$ 3 bilhões na construção do novo terminal de passageiros com capacidade para receber até 25 milhões de passageiros/ano.

O novo terminal, que tem uma moderna estrutura em concreto, aço e vidro, conta com 28 pontes de embarque, sete novas posições remotas de estacionamento de aeronaves, além do edifício-garagem, três pátios de aeronaves e pistas de taxiamento.

O edifício-garagem destaca-se por sua harmoniosa integração com o novo terminal de passageiros. Conectado ao terminal por uma ponte coberta, o edifício-garagem contará com restaurantes, loja de aluguel de carros e escritórios dos órgãos públicos federais. 

Além disso, a estrutura está preparada para uma expansão vertical futura, na qual poderão ser construídos escritórios comerciais e um hotel. 

A Aeroportos Brasil Viracopos destaca ainda que o novo terminal e as intervenções previstas no primeiro ciclo de investimentos do MasterPlan foram concebidas de forma a interagir com os prédios atualmente existentes no complexo durante o período de obras, sem o comprometimento das operações do aeroporto.
 

Histórico

O Aeroporto Internacional de Viracopos foi inaugurado em 19 de outubro de 1960. A pista do aeroporto possui 3.240 metros de comprimento por 45 metros de largura.

O aeroporto localiza-se numa região com condições climáticas favoráveis na maior parte do ano e tem o maior índice de aproveitamento operacional do país, consideradas as condições meteorológicas.

Enquanto grande parte dos aeroportos do centro-sul do Brasil fecham ou operam por instrumentos nos dias em que há frentes frias, Viracopos permanece aberto, recebendo inclusive os voos destinados a outros aeroportos que estejam temporariamente sem condições de operação. Em média, o aeroporto de Campinas permanece fechado apenas seis horas por ano em razão das condições meteorológicas.

Carga

O Terminal de Carga (Teca) de Viracopos é um dos mais importantes e movimentados do Brasil e é o maior em valor FOB de carga importada no país. Além de contar com uma ampla e moderna estrutura para movimentação, armazenamento e liberação de cargas, é responsável por movimentar quase 40% de toda carga aérea importada do país.

A vocação cargueira de Viracopos foi consolidada na década de 1990, quando o aeroporto despontou para o segmento de Carga Aérea Internacional. Sua infraestrutura foi ampliada, os processos de movimentação de carga e desembaraço aduaneiro foram modernizados, transformando o aeroporto em referência logística no cenário nacional. 

Como reconhecimento das melhorias e dos investimentos realizados, Viracopos foi eleito o melhor aeroporto de carga da América Latina no Air Cargo Excellence Awards 2016. A premiação é realizada pela Air Cargo World, uma das principais publicações do setor, em parceria com a IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos, sigla em inglês).
 

Localização

Instalado em um dos mais importantes polos tecnológicos do país, a RMC (Região Metropolitana de Campinas) – que é servida por grandes universidades, rodovias e empresas de tecnologia de ponta –, o Aeroporto de Viracopos é hoje um dos mais expressivos centros de movimentação de passageiros do país.

O aeroporto também é um dos principais portões de entrada e saída de mercadorias do país, cercado por rodovias que facilitam o escoamento de produtos pelo interior do Estado de São Paulo, Rio de Janeiro, Baixada Santista, além de diversas regiões do Brasil. 

O sistema de transporte a partir do aeroporto oferece táxis comuns e executivos e linhas de ônibus que ligam Viracopos aos principais municípios da região de Campinas, a cidade de São Paulo e aos aeroportos de Guarulhos e Congonhas.
 

Raio-X do Aeroporto Internacional de Viracopos

Nome: Aeroporto Internacional de Viracopos / Campinas

Prazo do contrato de concessão: 30 anos

Área total do sítio aeroportuário: 25,9 milhões m²

Área do antigo terminal de passageiros (T0): 28 mil m² (desativado)

Área do novo terminal de passageiros (m²): 178 mil m²

Número de passageiros (2011): 7,5 milhões

Número de passageiros (2012): 8,8 milhões

Número de passageiros (2013): 9,3 milhões 

Número de passageiros (2014): 9,8 milhões

Número de passageiros (2015): 10,3 milhões

Número de passageiros (2016): 9,3 milhões

Investimentos:

• R$ 3 bilhões entre 2012 e 2015;

• R$ 6,5 bilhões até 2042

Melhorias realizadas em Viracopos a partir de 2012

  •    Novos processos de gestão, incluindo a obtenção da certificação ISO 9001 para os processos logísticos de carga;
  •     Ampliação das áreas de embarque de 2.500m² para 5.000m²;
  •    Reforma de todos os conjuntos de banheiros e construção de mais quatro novos, totalizando 15 novos conjuntos de banheiros;
  •   Início da operação do equipamento Ambulift, veículo utilizado para embarcar e desembarcar das aeronaves pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, com capacidade para transporte simultâneo de quatro cadeiras de rodas e cinco acompanhantes;
  •    Inauguração da sala VIP;
  •    Inauguração de novos restaurantes e estabelecimentos comerciais;
  •    Novo serviço de taxi executivo;
  •    Implantação de Posto de Serviço de Atendimento ao Passageiro pela ANAC;
  •    Aquisição de dois novos caminhões de Bombeiro;
  •    Ampliação do número de vagas de estacionamento, passando de 2.000 vagas para 3.500 vagas;
  •    Entrega do estacionamento coberto “prime” com 200 vagas;
  •    Instalação de câmeras, guaritas elevadas e painéis de vagas no estacionamento;
  •   Instalação do sistema “sem-parar” no estacionamento e caixas de autoatendimento no terminal de passageiros;
  •    Instalação de 170 novas tomadas para carregar notebook/celular;
  •    Aumento na oferta de bolsões de carrinhos de bagagem;
  •    Entrega do canil para a Polícia Federal e Receita Federal;
  •    Implantação de 600m cobertura da passarela ligando os bolsões de estacionamento ao TPS;
  •    Inauguração do free shop;
  •    Iluminação em LED da rodovia de acesso ao aeroporto;
  •    Intensificação da fiscalização do uso de solo em conjunto com a
  •    SETEC nas áreas de entorno do aeroporto;
  •    Convênio com a EMDEC para orientação e fiscalização de trânsito interno;
  •    Criação de um site oficial de Viracopos;
  •    Homologação para receber os super-cargueiros Boeing 747-8F;
  •    Regularização do comércio de ambulantes no aeroporto e construção de feira;
  •    Combate ao estacionamento em vagas irregulares;
  •    Reforma das instalações do atual Terminal de Passageiros;
  •    Construção de terminal rodoviário de ônibus com 10 baias;
  •    Construção do novo estacionamento para caminhoneiros;
  •    Entrega do novo pátio de aeronaves ATRs com 5 posições.

 

 

Topo

Empresas Triunfo

Rua Olimpíadas 205 14º andar cj. 142/143 - CEP 04551-000 - São Paulo - SP - BR - +55 11 2169-3999